Revista de Economia e Sociologia Rural
https://www.revistasober.org/article/5d8d286f0e88252f65140c97
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

CARACTERIZAÇÃO SOCIOECONÔMICA DOS MUNICÍPIOS GAÚCHOS E DESIGUALDADES REGIONAIS

Sérgio Schneider e Paulo D. Waquil

Downloads: 2
Views: 1065

Resumo

Este artigo apresenta uma caracterização dos municípios gaúchos segundo os indicadores socioeconómicos, utilizando-se dados do Censo Agropecuário de 1995/96 e da contagem populacional de 1996. A orientação conceituai considera que a pobreza rural e as desigualdades oferecem impedimentos para que os indivíduos e, ou, suas famílias obtenham recursos suficientes para satisfazer as suas necessidades básicas. A metodologia utilizada baseou-se na análise fatorial e classificação dos municípios, agrupando-os em cinco classes, conforme as suas semelhanças. 

Palavras-chave

desigualdades regionais, pobreza rural, tipologia e análise fatorial.

Referências

ALVES, E.; LOPES, M.; CONTINI, E. O empobrecimento da agricultura brasileira. Revista de Política Agrícola, Ano VIII, n. 3, p. 5-19,jul./set. 1999.

FIDA. Fundo Internacional de Desenvolvimento Agricola. Hacia una región sin pobres rurales. Santiago, Chile, 2000.

FIDA. Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola. Rural povertyreport2001:thechallengeofendingruralpoverty. Avon, Great Britain: Oxford University Press, 2001.

ORANDO; M. Z. (Coord.). Agropecuária do Rio Grande do Sul 1980-1995 a caminho da eficiência? Porto Alegre: FEE, 1996.

GRAZIANO DA SILVA, J. Urbanização e pobreza no campo. ln: RAMOS, P.; REYDON, B. P. (Orgs.). Agropecuária e agroindústria no Brasil. Campinas: Edições ABRA, 1995. p.127- 150. .

HOFFMANN, R. "A pobreza rural no Brasil". ln: Revista Reforma Agrária, Campinas, v. 14, n.1, p. 36-40, 1984.

HOFFMANN, R. Pobreza, insegurança alimentar e desnutrição no Brasil. Revista Estudos Avançados, São Paulo, USP, v. 9, n. 24, p. 159-172, 1995.

IBGE. Censo Agropecuário 1995/96. Rio de Janeiro: IBGE, 1996.

KAGEYAMA, A.; LEONE, E.T. Uma tipologia dos municípios paulistas com base em indicadores sócio-demográficos. Campinas: Instituto de Economia, 1999. 37 p. (Texto para Discussão, 66).

ROCHA, S. Opções metodológicas para a estimação de linhas de indigência e de pobreza no Brasil. Rio de Janeiro: IPEA, abril de 2000. (Texto para Discussão, 720).

ROMÃO, M.C. Pobreza: conceito e mensuração. ln: Cadernos de Economia no 13, Brasília, IPEA, fevereiro de 1993.

SCHNEIDER,S.;WAQUIL,P. Críticametodológicaetipologia dos municípios gaúchos com base em indicadores sócio- econômicos. Porto Alegre: Projeto RS-Rural, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, 2000. (Relatório de Consultoria Técnica).

SCHNEIDER, S.; BRUMER, A. Impactos das transformações técnico-produtivas sobre a dinâmica demográfica e a qualidade de vida no meio rural do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Projeto RS-2010, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Secretaria de Estado da Coordenação e Planejamento, 1997. (Relatório de Consultoria Técnica).

SCHNEIDER,S.;NAVARRO,Z. "Empregoagrícolaenovasformas de ocupação no Rio Grande do Sul: uma análise a partir dos dados das PNADs de 1981 a 1997". ln: CAMPANHOLA, C.; SILVA, J. G. (Orgs.). Onovoruralbrasileiro. Campinas: Embrapa/Unicamp, 2000. V. 3, p. 15-48.

WAQUIL, P. D. A modernização da agricultura e as desigualdades regionais no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS, Curso de Pós-Graduação em Economia Rural, 1992. (Dissertação de mestrado).

WAQUIL, P. D. Produção agrícola familiar no Brasil no contexto de integração regional. ln: CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, 37, Foz do Iguaçu, PR, 1999. Anais... Foz do Iguaçu, 1999. (CD-ROM).

 

5d8d286f0e88252f65140c97 resr Articles
Links & Downloads

resr

Share this page
Page Sections