Revista de Economia e Sociologia Rural
https://www.revistasober.org/article/doi/10.1590/S0103-20032014000600010
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

O trabalho familiar extrativista sob a influência de políticas públicas

Dalva Maria da Mota; Heribert Schmitz; Josué Francisco da Silva Júnior; Raquel Fernandes de Araújo Rodrigues

Downloads: 0
Views: 446

Resumo

O artigo analisa a relação entre a organização do trabalho familiar no extrativismo e a participação em programas de políticas públicas no estado de Sergipe. Com abordagem predominantemente qualitativa, a pesquisa foi realizada com mulheres autodesignadas catadoras de mangaba e marisqueiras, reconhecidas como pertinentes ao segmento dos denominados povos e comunidades tradicionais e afiliadas ao Programa Bolsa Família (PBF), ao Seguro Desemprego do Pescador Artesanal (SDPA) e ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A metodologia constou de observações e entrevistas com diferentes atores envolvidos na atividade extrativista e nos programas de políticas públicas. As principais conclusões mostram que os programas de políticas públicas influenciam: i) na reorganização do cotidiano do trabalho no extrativismo, principalmente no tocante à diminuição do envolvimento de crianças e jovens na atividade e quanto à intensidade das jornadas; ii) no reforço aos papéis tradicionais de homens e mulheres, no caso do PBF, e na diluição de fronteiras entre esses mesmos papéis no PAA; iii) na diminuição do volume de trabalho no caso do SDPA e no aumento no PAA; e iv) nos diferentes sentidos que são atribuídos ao trabalho.

Palavras-chave

Seguro Desemprego do Pescador Artesanal, Programa de Aquisição de Alimentos, Programa Bolsa Família, catadoras de mangaba.
5cf7fd2d0e8825712a58d260 resr Articles

resr

Share this page
Page Sections